Sábado, 13 de Janeiro de 2007

Pedras Antárticas

Ali termina tudo
e não termina:
ali começa tudo
se despedem os rios no gelo,
o ar se há casado com a neve,
não há ruas nem cavalos
e o único edifício
o construiu a pedra.
Ninguém habita o castelo
nem as almas perdidas
que frio e vento frio
amedrontaram:
é sozinha ali a solidão do mundo,
e por isso a pedra
se fez música,
elevou suas delgadas estaturas,
se levantou para gritar ou cantar,
porém ficou muda.
Só o vento,
o açoite
do Pólo Sul que assobia,
só o vazio branco
e um som de pássaro de chuva
sobre o castelo da solidão
.
sinto-me:
tags: ,

publicado por picarota310172 às 23:43
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De Sir-k a 14 de Janeiro de 2007 às 22:36
Olá, agradeço as suas palavra no meu "canto"...
Gostei imenso do seu blog,
e deste belo texto.

Uma boa semana.

Beijos e um sorriso.


De Sir-K a 14 de Janeiro de 2007 às 22:41
Olá, agradeço as suas palavra no meu "canto"...
Gostei imenso do seu blog,
e deste belo texto.

Uma boa semana.

Beijos e um sorriso.


De Sir-K a 14 de Janeiro de 2007 às 22:49
Olá.
Agradeço as suas palavras no meu canto...
Tem aqui um belo blog.
Gostei imenso do texto.

Desejo uma boa semana.

Beijos e um soriso


De isa a 16 de Janeiro de 2007 às 00:17
Olá desculpa entrar sem pedir mas....gostei do que vi e li. Felicidades.
Isanunes


De picarota310172 a 16 de Janeiro de 2007 às 11:53
Olá, ainda bem que entraste...és sempre bem vinda!
Tb fui espreitar o teu cantinho... e tb gostei do que vi!
Tomei a liberdade de te adicionar aos meus amigos! Espero que não te importes...
Beijinhos


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 17 seguidores

.tags

. todas as tags

.Janeiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.arquivos

. Janeiro 2008

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006